Monitoramento de fauna e CRED



Projeto Monitoramento de Praias - PMP/BS


O Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS) é uma atividade desenvolvida para o atendimento de condicionante do licenciamento ambiental federal das atividades da Petrobras de produção e escoamento de petróleo e gás natural no Polo Pré-Sal da Bacia de Santos, conduzido pelo Ibama. Esse projeto tem como objetivo avaliar os possíveis impactos das atividades de produção e escoamento de petróleo sobre as aves, tartarugas e mamíferos marinhos, através do monitoramento das praias e do atendimento veterinário aos animais vivos e necropsia dos animais encontrados mortos. O projeto é realizado desde Laguna/SC até Saquarema/RJ, sendo dividido em 15 trechos. O Centro de Estudos do Mar/UFPR monitora o Trecho 6, compreendido entre Guaratuba e Guaraqueçaba.

  • 2015 - Atual

Projeto de Monitoramento de Praias PMP-BS

Descrição: O programa monitoramento de praias está entre as condicionantes da atividade de produção e escoamento de petróleo e gás natural do Polo Pré-Sal da Bacia de Santos ? Etapa 2, exigidas pelo IBAMA. Processo IBAMA nº 02022.002141/11 -DILIC/CGPEG. O objetivo principal é caracterizar e monitorar a fauna de répteis, aves e mamíferos marinhos do litoral do Paraná quanto ao perfil biológico, ecológico e de saúde, subsidiar as instituições de gestão ambiental com informações técnicas e desenvolver tecnologias e métodos aplicados ao monitoramento marinho relacionados à qualidade ambiental do ecossistema por meio da avaliação de espécies sentinelas. Além disso, envolver a sociedade acadêmica e civil em ações em prol da conservação de espécies marinhas ameaçadas e de seus habitats, seguindo recomendações de instrumentos legais nacionais e internacionais. Entre os objetivos específicos do projeto esta a estruturação der um centro de excelência e métodos de pesquisa aplicados ao monitoramento, atendimento e análise de tetrápodes marinhos, estrutura e ações necessárias e que respondam à demandas da sociedade civil e diretamente a demandas de políticas públicas regionais e nacionais; a caracterização dos tetrápodes marinhos com ocorrência no litoral do Paraná, assim como avaliar o estado de saúde destes animais, monitorar a qualidade ambiental e envolver a sociedade em geral em ações em prol da conservação costeira e marinha no estado; a formação de recurso humano especializado em monitoramento, resgate, atendimento e avaliação de saúde da fauna marinha; bem como formar multiplicadores socioambientais nesta temática; o apoio apoio a ações regionais e nacionais de tomada de decisão dos órgãos ambientais frente a conservação de espécies de tetrápodes marinhos endêmicos, ameaçados ou migratórios (ações conduzidas por órgãos ambientais como IAP, SEMA, MMA, IBAMA, ICMBio, assim como Ministérios Públicos estadual e federal em ações de defesa do patrimônio biológico)ç alem do fortalecimento das atividades de extensão, de pesquisa e de ensino dentro da equipe do CEM e desta com outros laboratórios e departamentos da UFPR.


Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Alunos envolvidos: Graduação: (4) / Mestrado acadêmico: (2) .
Integrantes: Camila Domit - Coordenador.


Centro de Reabilitação, Despetrolização e Analise de saúde de fauna marinha (CRD) de saúde de fauna marinha (CRD)


O Centro de Reabilitação e Despetrolização de Animais Marinhos (CRD) da UFPR, localizado em Pontal do Paraná, foi inaugurado em 18 de junho de 2019. Uma obra realizada via Projeto de Monitoramentos de Praia da Bacia de Santos (PMP-BS) e sua estrutura trará ganhos fundamentais para a conservação do ecossistema marinho, principalmente para a fauna “paranaense”, e quanto a análise de qualidade ambiental.


O CRD conta com laboratórios de análise biológica e de parâmetros de saúde de animais marinhos, assim como estrutura completa para atendimento médico veterinário e reabilitação da fauna. Possui a capacidade de atendimento a um acidente ambiental categorizado como “tier 1”, o qual contempla 100 aves não voadoras (pinguins), 10 aves voadoras (gaivotas, atobás, fragatas, etc...), 10 tartarugas marinhas, 01 pinípedes (lobo-marinho, leão marinho ou foca) e 01 pequeno cetáceo (golfinho,) de até três metros de comprimento total. Estes animais serão acondicionados em recintos especialmente construídos para cada um dos grupos taxonômicos, seguindo normativas nacionais e internacionais. Para o atendimento de grandes cetáceos, o CRD possuirá um kit para atendimento na praia composto de todos os equipamentos necessários para o desencalhe, eutanásia ou necropsia dos animais.


Outro destaque no CRD será uma infraestrutura de suporte à vida marinha com um sistema de filtros e tratamentos para aproximadamente 80 mil litros de água salgada utilizada nos recintos. Esse sistema foi desenvolvido para que a água doce seja “salinizada” artificialmente gerando água livre de microorganismos, potencializando o tratamento dos animais.


O acompanhamento diário aos animais é feito pelos médicos veterinários, biólogos, oceanógrafos e tratadores, incluindo desde a preparação da alimentação de cada indivíduo, o diagnóstico e acompanhamento clínico dos pacientes, a avaliação comportamental e de parâmetros complementares de saúde, limpeza de animais oleados, marcação individual e acompanhamento diário dos animais, até a sua devolução saudável ao meio ambiente.

O CRED também conta com um laboratório clínico e de microscopia, equipados com equipamentos de última geração para que sejam realizadas análises fundamentais para diagnóstico de patologias e caracterização biológica dos animais vivos e mortos. Essas análises são utilizadas para conhecer cada indivíduo estudado, tais como sexo, maturidade sexual, hábitos alimentares, condição corporal, parâmetros hematológicos e bioquímicos, identificação de patologias nos diferentes tecidos, entre outras.

Esta estrutura e as ações associadas demandam de muito empenho e esforço de uma grande equipe formada por profissionais da área ambiental e equipes locais que fazem sistematicamente o monitoramento das praias e Ilhas do Paraná, desde o sul de Guaratuba até a região norte da Ilha do Superaguí.


Saiba mais: https://www.comunicabaciadesantos.com.br/programa-ambiental/projeto-de-monitoramento-de-praias-pmp.html

Acompanhe o projeto em nosso facebook: https://www.facebook.com/PMPBSUDESC/?__tn__=kCH-R&eid=ARBggmN5Ah9jk7ImVw8uBh3ThaUtlFcpIctHV9Sj-BMs8p5_Z4E6CjUugdDSVtVym8VQXoZflfIIqiBU&hc_ref=ARSA2Fw0PnVyaE8hAXx_Cbi1zDAT4RqPyC9mKtj2cnX27TtWo5siVi2AlzxXG0i7hGo&fref=nf

LEC - Laboratório de Ecologia e Conservação

Universidade Federal do Paraná
Campus Pontal do Paraná – Centro de Estudos do Mar
Endereço / Address Av. Beira-mar, s/n
CEP: 83255-976
Pontal do Sul - Pontal do Paraná-PR-BRASIL

Redes Sociais:

  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram

Acesse

Sobre nós

Projetos e Linhas de Ações

Na Midia

Biblioteca

Contatos

© 2020 by Bloom.Studio | LEC Laboratório de Ecologia e Conservação.